Inscrevi-me numa corrida, e agora?

Pode soar dramático aos olhos de quem já corre 10 km como se estivesse a fazer uma simples caminhada para despejar o lixo mas, para mi...



Pode soar dramático aos olhos de quem já corre 10 km como se estivesse a fazer uma simples caminhada para despejar o lixo mas, para mim, inscrever-me em tal desafio, foi das coisas mais corajosas que eu fiz nos últimos tempos.

Passo a explicar...

Há dois anos atrás eu era a personificação da procrastinação, tudo o que envolvesse estar de pé mais do que 5 minutos era cansativo. (Quem me dera estar a exagerar) Com 15 anos eu era uma adolescente extremamente sedentária.
Obviamente que isso trazia as suas consequências e, a nível de saúde o meu corpo estava no seu pior estado..

Como isso mudou a nível da alimentação, se acompanham o blog, sabem o que mudou. 

Mas o que ficou por dizer diz respeito a outra parte fundamental da mudança, o exercício físico, o dizer ao nosso corpo que o amamos, obrigando o a exercitar-se.

Confesso que foi das partes mais complicadas. Inicialmente eu sentia-me pesada e todos os movimentos que fazia, por mais simples que fossem, me custavam horrores... como se numa simples flexão eu estivesse a levantar o peso de cinco elefantes.

Não, eu não estou a exagerar.

Porém, o que para mim se equiparava a tortura era mesmo, correr.
Sim, correr.
Não, eu não estou maluca.

Dores nas costas, falta de ar, mãos inchadas, gémeos dormentes, etc. TODA uma panóplia de situações que me levavam constantemente a desistir da ideia de correr. 

Feliz ou infelizmente eu sempre fui mais teimosa do que qualquer situação e, quando pus na minha cabeça que havia de conseguir correr, não houve mais nada que me parou.

Se foi um mar de rosas? longe disso.
Custou-me horrores corrigir a minha postura,
Disciplinar a minha respiração,
Preparar bem as minhas pernas para correr.

Mas eu fi-lo, e hoje não me custa correr e tenho gosto em fazê-lo.

Uma das minhas maiores sensações de conquista foi quando consegui fazer, pela primeira vez, o percurso pelo qual iniciei a minha jornada, interamente a correr. Estava cansada e dorida mas só o soube quando cheguei a casa e a adrenalina da conquista se foi porque, no momento em que o terminei, a alegria e a sensação de realização foram mais que grandes.

Não corro uma maratona  e se me perguntarem se me sinto pronta para correr 10km eu digo que não.
Mas como disse, eu sou mais teimosa do que o meu corpo e eu vou consegui-lo.
Este post torna-se então uma carta de motivação tanto para mim, como para ti, que estás a ler.

Irei partilhar todo o processo aqui, convosco porque,

Eu consigo fazer isto, 
Assim como tu consegues fazer o que bem te apetecer.









You Might Also Like

0 comments

zaful promo https://www.zaful.com/11-11-sale-shopping-festival.html?lkid=11686515